Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.



Terça-feira, 31.05.16

Plano Municipal como resposta global à população idosa

IMG_5810.JPG

A Câmara de Arcos de Valdevez, reunida no passado dia 23 de maio, aprovou o Plano Municipal para a Pessoa Idosa, que é prevalecente no referido concelho. No caso de Soajo, segundo dados plasmados no Diagnóstico Social, em 2011, eram 449 os residentes com 65 ou mais anos (ou seja, metade da população “fixa”, que, ao todo, era de 986 indivíduos, há cinco anos).

O documento “encontra-se estruturado em quatro eixos estratégicos, Saúde e Bem-estar, Segurança e Conforto Habitacional, Respostas e Serviços e, por fim, Acessibilidades e Mobilidade”, diz a responsável pelo Gabinete de Ação Social da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, Isabel Afonso.

Segundo explica a técnica do Município, para cada um destes eixos está “previsto um conjunto de ações”, sendo de realçar, ao longo do ano, a “promoção do exercício físico (caminhadas e ginástica geriátrica)”; o desenvolvimento do “convívio e do lazer” (Festival Sénior); a “melhoria das condições de habitabilidade”; a “criação de uma Comissão de Apoio à População Idosa”, com a missão de “intervir junto de idosos em situação de vulnerabilidade social”; a “melhoria dos cuidados prestados no domicílio”, através de “bolsa de ajudantes domiciliários qualificados e de cuidadores informais”; a “remoção de barreiras arquitetónicas nos espaços públicos”, assim como a aposta na “criação de serviços de transporte visando a mobilidade dos idosos.”

Paralelamente, foi aprovado, nesta mesma reunião de Câmara, o Plano das Atividades a desenvolver durante o biénio 2016/2017, mediante um investimento de 126 mil euros.

De referir que, com a finalidade de favorecer a prática do exercício entre a população sénior, foi autorizada a abertura de procedimento para contratação dos serviços de um animador desportivo. O recrutamento deste técnico vai acarretar um investimento de 7040 euros, prevendo o contrato um custo de 10 euros por hora (quatro horas diárias, durante oito meses).

Em resposta às transformações sociais que caracterizam, também, o território de Arcos de Valdevez, com repercussão no aumento exponencial de população idosa, pretende o Município, com este Plano, empreender uma estratégia global, seguindo os pressupostos inerentes a uma intervenção sustentável e adaptada às atuais circunstâncias, de modo a favorecer o envelhecimento ativo, em respeito pelas condições de bem-estar físico e psicossocial.

IMG_5696.JPG

IMG_3339.JPG

IMG_3342.JPG

IMG_5657.JPG

IMG_5716.JPG

IMG_5648.JPG

IMG_5824.JPG

IMG_5815.JPG

IMG_5822.JPG

IMG_5787.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 18:33

Segunda-feira, 30.05.16

Cinema e conversa à volta dos baldios na Casa do Povo

IMG_2659.JPG

“Em Todas as Mãos”. O documentário “En Todas as Mans” vai ser projetado no próximo sábado, 4 de junho (15.00), na Casa do Povo de Soajo.

A película – sob o lema “O monte não nos pertence, somos nós que lhe pertencemos a ele”, como aos baldios se refere X. Balboa – leva o espetador a “redescobrir o conceito de bens de mão comum”, remetendo para uma “realidade que é de todos e ao mesmo tempo de ninguém”, segundo pode ler-se nas várias apresentações que têm sido feitas a propósito do documentário.

O filme “nasce de uma anomalia, o próprio baldio. Num mundo que divide o território entre duas conceções de propriedade, a pública e a privada, a existência de uma realidade que não se inscreve em nenhuma dessas coordenadas chamou a atenção [da Cooperativa Trespés, na Galiza]. E ainda mais quando essa realidade permanece oculta ou desconhecida para grande parte da população. Os baldios estão aí, mas em poucas ocasiões se fazem visíveis”, lê-se nos ensaios críticos relativos ao documentário.

No seguimento da projeção, realizar-se-á uma conversa sobre os baldios com a presença do convidado Alberte Román, da Cooperativa Trespés (Pontevedra, Galiza). 

A organização da atividade está a cargo da Associação Moving Cause, que conta com o apoio da Casa do Povo de Soajo e da Assembleia de Compartes dos Baldios de Soajo.

A entrada é livre.

imgpsh_fullsize.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 18:35

Quinta-feira, 26.05.16

Detetados trabalhos a menos na obra referente às instalações sanitárias

19507958_D9hnE.jpeg

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, acerca das recém-construídas casas de banho públicas de apoio ao Campo da Feira e Cemitério da vila de Soajo, assim como aos inúmeros turistas que visitam a Eira Comunitária, com os seus 24 espigueiros, aprovou, por unanimidade, o auto de vistoria para efeitos de receção provisória sobre a referida obra, atribuída à empresa Inovlima.

Nesta mesma reunião de Câmara, de 23 de maio, foi decidido aprovar o mapa de trabalhos a menos da referida empreitada, verificando-se que resultaram trabalhos a menos no valor de cerca de 2720 euros, o equivalente a 10,08% do montante do contrato da obra.

O Executivo Municipal, que também não foi questionado pela oposição, não especificou os trabalhos que ficaram por realizar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 19:21

Quarta-feira, 25.05.16

Carta de condução por pontos a partir de 1 de junho

pontos-carta-capa.jpg

A nova carta de condução por pontos entra em vigor no próximo dia 1 de junho.

O novo modelo de carta de condução concede aos condutores 12 pontos iniciais, que vão diminuindo conforme as infrações cometidas. Se o condutor fizer uma contraordenação grave equivale a uma perda de dois pontos (três no caso de serem excedidos os limites permitidos por lei na condução sob influência do álcool e na velocidade dentro das zonas de coexistência, assim como em situações de ultrapassagem imediatamente antes e nas passagens para peões ou velocípedes).

Mas se o condutor tiver cometido uma infração muito grave, serão subtraídos quatro pontos ao saldo inicial (cinco no caso de ser apurada uma taxa de alcoolemia entre 0,8 e 1,2 gramas por litro de sangue, assim como quando haja deteção de substâncias psicotrópicas).

No caso de crime rodoviário, os infratores perdem seis pontos.

Quem não cometer infrações durante três anos, ganha três pontos. Para os condutores profissionais, os mesmos pontos serão adicionados num período de dois anos. O saldo máximo que se pode obter é 15 pontos.

De resto, para sua informação, não precisa de substituir a carta de condução e as infrações cometidas antes de 1 de junho não tiram pontos, sendo que os pontos só são subtraídos no definitivo desfecho da decisão administrativa ou do trânsito em julgado da sentença.

 

Perguntas e Respostas

Quantos pontos podem ser retirados a um condutor no caso de ocorrerem várias contraordenações em simultâneo?

Quando forem cometidas várias contraordenações graves e muito graves no mesmo dia, são retirados, no limite, seis pontos. No entanto, se entre as condenações por contraordenação grave ou muito grave estiver em causa a condução sob influência do álcool ou sob influência de substâncias psicotrópicas, são ainda retirados os pontos respetivos (três, cinco ou seis – conforme seja grave, muito grave ou crime).

Como é que se pode ganhar pontos?

No final de cada período de três anos, sem que tenham sido praticadas contraordenações graves ou muito graves, ou crimes de natureza rodoviária, são atribuídos três pontos ao condutor, não podendo ser ultrapassado o limite de 15 pontos.

A cada período da revalidação do título de condução, sem que sejam praticados crimes rodoviários, e o condutor tenha frequentado voluntariamente ação de formação de segurança rodoviária, é atribuído um ponto ao condutor não podendo ser ultrapassado o limite de 16 pontos. Este limite é aplicado apenas em situações em que tenham sido atribuídos pontos conforme previsto no período anterior, caso contrário, mantém-se o limite máximo de 15 pontos.

O que acontece a quem tiver quatro ou cinco pontos?

Será obrigado a frequentar uma ação de formação de Segurança Rodoviária. A falta não justificada implica a cassação do título de condução, isto é, fica sem carta de condução e terá de aguardar dois anos para a tirar novamente, suportando os respetivos custos.

Um condutor tem três ou menos pontos. O que diz a lei sobre estes casos?

O condutor será obrigado a realizar a prova teórica do exame de condução. A falta não justificada ou a reprovação na prova implica a cassação do título de condução, ou seja, fica sem carta de condução e terá de aguardar dois anos para a tirar novamente, suportando os respetivos custos.

Se ficar sem pontos, o que acontece ao título de condução?

Ao perder os 12 pontos iniciais, um condutor fica sem título de condução e, durante dois anos, fica impedido de voltar a “recuperar” a carta.

pontos.jpg

Fonte de informação: Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 18:34

Terça-feira, 24.05.16

Alunos de Soajo deliciados com os seres aquáticos

IMG_20160523_114252.jpg

No âmbito das comemorações do Dia Internacional da Biodiversidade, festejado no passado dia 22 de maio, a ARDAL-Porta do Mezio assinalou a efeméride esta segunda-feira, 23, convidando para o efeito a população escolar do Jardim de Infância e da Escola Básica Eira do Penedo (Soajo).

O programa da visita às instalações da Porta do Mezio decorreu em torno da atividade “À procura da vida na água”, a qual se revestiu de forte caráter pedagógico, pois a comunidade teve oportunidade de ficar a saber a diversidade de seres vivos que tem a água como habitat.

O Dia Internacional da Biodiversidade, comemorado pela primeira vez a 22 de maio de 1992, visa sensibilizar a população para a temática em causa.

DSCF4517.JPG

Fonte de informação: ARDAL-Porta do Mezio

Fotos: ARDAL-Porta do Mezio

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 18:32

Pág. 1/6



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2016

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031