Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.



Domingo, 09.10.16

Encontro Ser EducAção recriou fiadeiro e entreteve crianças com a “rapper” da moda

IMG_2938.JPG

O festival Ser EducAção – além dos debates e dos círculos interativos em torno da escola, sobre os quais o blogue fez ontem circunstanciada reportagem – consagrou boa parte da sua programação ao público infantil.

O espetáculo “Mão Verde” (homónimo do livro-disco), de Capicua e Pedro Geraldes, sobrelotou, ontem, 8 de outubro, a sala da Escola da Eira do Penedo, que acomodou muitas famílias. A rapper portuense Ana Matos Fernandes, que é capa da revista Notícias Magazine deste domingo, 9 de outubro, cantou e encantou a assistência desfiando uma coletânea de canções, cheias de ternura e humor, sobre natureza, agricultura, alimentação e ecologia, quatro temas das suas rimas, que também são lutas.

IMG_2935.JPG

IMG_2886.JPG

IMG_2909.JPG

IMG_2892.JPG

IMG_2894.JPG

IMG_2875.JPG

IMG_2871.JPG

IMG_2870.JPG

IMG_2873.JPG

IMG_2916.JPG

IMG_2921.JPG

Mas o festival Ser EducAção, além deste raro concerto fora das grandes salas de espetáculos, teve, ainda, a virtude de juntar, em Soajo, dezenas de crianças, vindas de várias localidades, proporcionando-lhes brincadeiras ao ar livre. Na ótica da organização, brincar em espaços abertos é importante para o desenvolvimento físico, intelectual e cognitivo das crianças, pelo que os pais devem fomentar (boas) atividades para combater o sedentarismo (segundo um estudo, realizado recentemente em vários países, entre os quais Portugal, o tempo médio de brincadeira ao ar livre no nosso país é de 63 minutos por dia). Em pleno, resultaram, por isso, as brincadeiras aos “foguetões de água”, aos jogos tradicionais, às criações artísticas e aos castelos com esponjas, assim como as sessões de leitura partilhada entre pais e filhos.

IMG_2817.JPG

IMG_2780.JPG

IMG_2793.JPG

IMG_2784.JPG

IMG_2807.JPG

IMG_2800.JPG

IMG_2803.JPG

IMG_2818.JPG

IMG_2775.JPG

IMG_2833.JPG

IMG_2819.JPG

IMG_2835.JPG

IMG_2837.JPG

IMG_2864.JPG

IMG_2862.JPG

IMG_2927.JPG

A jornada de sábado terminou com um grupo de soajeiros, maioritariamente mulheres, a recriar ao vivo o fiadeiro tal como este se fazia há décadas. A iniciativa, que, também, juntou elementos locais da Associação Moving Cause e vários participantes do evento, decorreu ao som dos cantares tradicionais e das concertinas.

A ver por esta animada sessão (que até teve desgarrada), o trabalhar da lã reclama muita perícia às mãos: são estas que desempenham um papel crucial, de início ao fim, nos processos de carpiar e de fiar com a roca e o fuso. Depois de cardada (a lã), uma das mãos puxa-a da roca e a outra movimenta-a para determinar a respetiva espessura no fuso. O resto resulta do saber “mecanizado” que algumas das traquejadas fiadeiras exercitaram a cada movimento.

IMG_2975.JPG

IMG_2954.JPG

IMG_2938.JPG

IMG_2945.JPG

IMG_2942.JPG

IMG_2943.JPG

IMG_2944.JPG

IMG_2969.JPG

IMG_2956.JPG

IMG_2947.JPG

IMG_2949.JPG

IMG_2971.JPG

IMG_2973.JPG

IMG_2974.JPG

IMG_2940.JPG

IMG_2979.JPG

IMG_2967.JPG

IMG_2976.JPG

IMG_2977.JPG

IMG_2978.JPG

IMG_2984.JPG

IMG_2980.JPG

IMG_3011.JPG

IMG_3005.JPG

IMG_3026.JPG

IMG_2981.JPG

IMG_3020.JPG

IMG_3023.JPG

IMG_2999.JPG

Dia de encerramento

Este domingo, terceiro dia do festival Ser EducAção, começou com uma caminhada no Mezio, numa área que foi consumida pelas chamas.

Ao mesmo tempo, na Casa do Povo, foi organizado um convívio intergeracional. Após o piquenique, os participantes fizeram “caça ao tesouro” e quem quis passeou a cavalo.

IMG_3040.JPG

IMG_3046.JPG

Findo o evento, repartido por três dias, sobra a conclusão de que a comunidade soajeira, em relação à edição inaugural, se envolveu um pouco mais na programação de 2016, através, principalmente, da recriação do fiadeiro, da oficina do pão e das atividades destinadas ao público infantil. Mas, de modo paradoxal, praticamente nenhum agente de Soajo ligado ao ensino (os professores locais são, deve dizer-se, quem melhor conhece o fenómeno no contexto espácio-temporal…) participou nos debates e círculos interativos sobre o tema da escola, nos quais até se ouviu falar de estratégias específicas para esta área do Parque Nacional…

IMG_2844.JPG

IMG_2843.JPG

IMG_2682.JPG

IMG_2808.JPG

IMG_2765.JPG

IMG_2790.JPG

IMG_2775.JPG

IMG_2767.JPG

IMG_2765.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 19:25



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2016

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031