Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Teresa Araújo, Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.



Terça-feira, 13.09.16

Entrega das uvas na Adega Cooperativa começa no dia 23 de setembro

IMG_4375.JPG

Está à porta a próxima campanha de vindimas. A Adega Cooperativa de Ponte da Barca (ACPB), que tem vários associados de Soajo, prevê uma boa temporada vinícola quanto à qualidade, mas a produção de uva branca sofrerá um decréscimo “entre 15 e 20%”, segundo o técnico João Pereira.

Entretanto, a poucos dias, já, dos preparativos, o calendário da vindima, na ACPB, para as castas brancas, arranca no próximo dia 23 de setembro e prolonga-se até 1 de outubro. A apanha das uvas tintas (e vinhão), por entre vinhedos e socalcos, far-se-á entre 28 de setembro e 4 de outubro. 

A diminuição da safra deve-se a “acidentes climatéricos” e “doenças da vinha”. “As chuvas persistentes, os escaldões, estes no seguimento das elevadas temperaturas do verão, e o míldio causaram quebras de produção”, explica João Pereira. Nesta região, os elevados níveis de precipitação na primavera originaram o aparecimento de infeções primárias que, nalguns casos, devido à falta de tratamento eficaz (a chuva abundante dificultou o combate e criou condições favoráveis à progressão), desencadearam infeções secundárias, com instalação de vários focos da doença.

Mas a qualidade da uva deixa o enólogo da ACPB com água na boca. “As condições climatéricas favoráveis, em semanas recentes, favoreceram a qualidade da uva, que será igual à do ano anterior”, diz João Pereira, com base nos controlos de maturação e nas provas de bagos entretanto feitas. Os vinhos brancos serão “bastante aromáticos” e os tintos terão “boa cor”, acrescenta. No entanto, é bom lembrar, as condições climatéricas até à vindima serão determinantes para o resultado final. A chuva, se for moderada, é bem-vinda, mas, em caso de forte precipitação, teme-se o aparecimento de focos de podridão.

A ACPB tem cerca de novecentos associados, a maioria de Arcos de Valdevez, mas “apenas seiscentos entregam as uvas na Adega”, conta o técnico. O preço médio da uva tem vindo a subir, rondando, atualmente, os 42 cêntimos o quilo, e os prazos de pagamento estão a ser encurtados (por volta dos 10/12 meses), embora as campanhas de 2010 e 2011 estejam ainda por liquidar.

IMG_4302.JPG

IMG_4365.JPG

IMG_4323.JPG

IMG_4310.JPG

Vinha.jpg

DSC00564.JPG

DSC02934.JPG

gnoj.JPG

DSC00567.JPG

DSC00566.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 16:55



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2016

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930