Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Teresa Araújo, Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.



Quinta-feira, 30.03.17

Expansão da acácia no Parque Nacional preocupa ambientalistas

1920-Acacia-dealbata-Gaulois.jpg

Alerta SOS. Segundo a organização ambientalista Quercus, a acácia (mimosa) continua a propagar-se no território do Parque Nacional (PN) e, neste contexto, são sugeridas medidas de combate à espécie.

A Quercus pretende que se faça “a erradicação de novos focos de invasão”, mas avisa que, primeiro, é preciso “controlar ou eliminar as populações de invasoras já estabelecidas”.

A referida organização identifica a mimosa (Acacia dealbata) e a acácia-de-espigas (Acacia longifolia) como as espécies mais estabelecidas no PN (encontram-se em flor nesta época do ano, sensivelmente até maio). A mimosa, estima a Quercus, “ocupa já mais de mil hectares no PN, mas esta área poderá ser muito maior, uma vez que não há medições atualizadas das áreas infestadas”, lê-se no comunicado publicado no passado dia 20 de março.

Com os incêndios a fustigar imensas manchas florestais, “paira no ar” a ameaça de uma paisagem estéril e dominada pelas mimosas. Estas encerram vários perigos, nomeadamente a produção de uma quantidade significativa de massa combustível, que, acumulada no solo, funciona como um “rastinho” ao avanço das chamas. E, além disso, as acácias matam as espécies autóctones e reduzem a disponibilidade de água para outras espécies.

Segundo a Quercus, a facilidade de expansão das mimosas agrava o cenário. “Estas plantas invasoras deixam nos solos milhões de sementes por hectare e que se mantêm com vida durante décadas, estando prontas a germinar em qualquer altura, em especial após os incêndios”.

Só com mais investimento, aposta forte na erradicação das mimosas e campanhas de sensibilização é que as preocupações da Quercus surtirão efeito no futuro.

 

O que cada um de nós pode fazer

O projeto “Invasoras.pt”, a funcionar desde fevereiro, depende da boa vontade dos cidadãos. O “mapa de avistamentos”, com a ajuda dos moradores, ajuda a identificar estas espécies invasoras.

Com a ajuda da Quercus, fique a conhecer as acácias mais frequentes no PN:

. Mimosa (Acacia dealbata): mede até 15 metros, com folhas perenes e verdes-acinzentadas e flores amarelo-vivas.

Acacia_dealbata-1.jpg

. Acácia-de-espigas (Acacia longifolia) arbusto ou pequena árvore perene, com espigas amarelo-vivo e muito encontrada em dunas.

L.jpg

As acácias são originárias do sul da Austrália.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 18:28



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031