Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Teresa Araújo, Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.



Sexta-feira, 10.03.17

GNR realiza ‘Operação Floresta Protegida’. Grande incêndio de Soajo foi o quinto em área ardida em 2016

mostrarImagem.png

A GNR arrancou com a ‘Operação Floresta Protegida’, na área do Parque Nacional, no passado dia 8 de março. A iniciativa, que se estende a todo o território nacional até 14 de maio, emparceira o Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente (SEPNA) e o Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS).

Em Soajo e nas demais freguesias de Arcos de Valdevez, a operação realizou-se esta sexta-feira, 10 de março, envolvendo um total de 22 elementos, apoiados por 11 veículos. Segundo o comandante da 4.ª Companhia, capitão Manuel Moreira, esta iniciativa “consistiu em diversas ações de sensibilização junto das populações”.

A ronda pelas freguesias, apesar das óbvias limitações (reduzida publicitação da ação e jornada normal de trabalho), permitiu alertar alguns residentes para a necessidade de adoção de procedimentos preventivos durante este período, principalmente no uso do fogo, na limpeza e remoção de matos e na manutenção das faixas de gestão de combustível. As boas práticas reduzem o número de ocorrências e minimizam os riscos de incêndio florestal.

Complementarmente a esta operação preventiva, a Guarda realizará, numa fase posterior, ações de fiscalização com a finalidade de corrigir as situações de flagrante incumprimento face à obrigatoriedade da manutenção das faixas de gestão de combustível.

Grande incêndio de agosto

Segundo o relatório publicitado pelo ICNF, o incêndio que deflagrou no “coração” do Parque Nacional, no passado dia 9 de agosto, o qual alastrou a várias freguesias, nomeadamente Soajo, Cabana Maior, Vale e Ermelo, foi, a nível nacional, o quinto em área total ardida, no ano findo. Consumiu 4444 hectares de mancha, repartidos por povoamentos florestais (600 hectares) e mato (3844 hectares).

IMG_7392.JPG

Entretanto, de 1 de janeiro a 30 de setembro de 2016, registaram-se, no distrito de Viana do Castelo, 918 ocorrências (662 fogachos e 256 incêndios florestais), que, ao todo, entre floresta e mato, consumiram 31 422 hectares.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 18:54



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031