Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Teresa Araújo, Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.



Sexta-feira, 15.04.16

Nada foi feito para recuperar o património ambiental que ardeu em 2010

P8130029.JPG

Em 2010, Soajo foi fustigado por um devastador incêndio, que consumiu 2465 hectares de área (entre floresta e mato). O fogo, que esteve ativo durante mais de uma semana, deixou um rasto de destruição em vastas zonas de Reserva e, no período de maior efervescência, as chamas obrigaram mesmo à evacuação do lugar de Vilar de Suente. No balanço e contas aos prejuízos, foram contabilizados ainda carros, casas de turismo rural, barracões, alfaias e culturas agrícolas…

Apesar do elevado impacto socioeconómico, principalmente nos setores da floresta e da agropecuária, de lá para cá – excluindo a plantação de 500 árvores, em março de 2015, numa encosta da Várzea –, nenhuma ação de reflorestação foi realizada para recuperar parte do património ambiental que ficou reduzido a chamas. Também não se procedeu à instalação de pontos de água para acelerar o combate nem tão-pouco foram feitos aceiros.

Na falta de uma verdadeira estratégia de valorização ambiental para recuperar a sustentabilidade do ecossistema, Soajo em Notícia, “à boleia” de projetos implementados noutras zonas de Portugal, adianta algumas ideias para dar vida ao parque e travar a sua contínua erosão. Neste contexto, a realização de candidaturas (a financiamento) é, também, uma “janela” de oportunidades. Assim elas (as candidaturas) sejam tecnicamente bem feitas.

Apadrinhamento de áreas ardidas

Em várias regiões de Portugal, de Reserva também, estão a ser promovidas ações de apadrinhamento de áreas ardidas, por entidades públicas e privadas. O objetivo é criar afetividade, sobretudo em grupos de voluntários, às respetivas áreas de reflorestação. Com base na plantação de 21 de março de 2015, na referida mancha da Várzea, à qual a população jovem aderiu em peso, a participação das gerações mais novas seria, quase de certeza, muito grande.

IMG_7773.JPG

Plantar a serra de Soajo

A replicação de projetos bem-sucedidos, como aquele desenvolvido, há dois anos, na região das Beiras, com o “Plantar o Caramulo”, nem sempre é exequível, mas, em abstrato, a inércia é que não serve os interesses das populações. Por isso, é preciso criar dinâmicas, porém, estas só serão viáveis no âmbito de profícuas políticas de cooperação, que o Parque Nacional não tem conseguido introduzir. Além disso, ao gerir o Parque contra os interesses da população, os dirigentes não promovem a participação dos residentes. Pelo contrário.

Candidaturas a financiamento

No âmbito do concurso “Património Natural”, na área do Parque Nacional, ou da Rede Natura, cujo quadro de financiamento decorre até 2020, estão previstas verbas para o desenvolvimento dos recursos naturais e a execução de projetos ligados à biodiversidade (fauna e flora).

Queixas e áreas a potenciar 

São muitas as queixas dos moradores de Soajo para o “divórcio” que existe entre quem habita no Parque e quem faz a sua gestão, que está sediada em Trás-os-Montes. Há muito que, além de uma gestão mais próxima, é reclamada a nomeação de um diretor executivo para o Parque Nacional, mas, até hoje, este ainda não existe.

De resto, quem habita no território acha imperioso fazer um muito melhor aproveitamento das potencialidades do Parque para valorizar setores como os da floresta, agropecuária, caça, pesca, paisagem, turismo, produtos silvestres, recursos hídricos e solares.

Curiosidade

Sabia que a legislação portuguesa chegou, em tempos, a prever uma redução dos impostos (em 50%) a favor da população residente no único Parque Nacional?

P8130020.JPG

IMG_3648.JPG

IMG_3670.JPG

P8140100.JPG

P8140067.JPG

P8080732.JPG

P8140090.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 18:44



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930