Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.



Quinta-feira, 23.06.16

Parque Biológico do Mezio pronto em julho de 2017. Fique a saber as espécies a introduzir

1.JPG

O Parque Biológico do Mezio (ou Parque Zoológico) é mais do que um projeto de intenções. À luz do Plano Operacional de Gestão (POG) da Porta do Mezio, a nova valência deverá estar executada em julho de 2017. Projeto arranca, ao que tudo indica, em outubro próximo.

Segundo o POG, a construção do Parque Zoológico do Mezio, abrangendo uma área “com cerca de 7 hectares”, visa “promover a educação ambiental e o contacto direto com a natureza, explorando e desenvolvendo mecanismos de aproveitamento da fauna e da flora local.”

O Parque Biológico será uma “recriação do habitat natural das espécies” a introduzir, em que cada animal disporá de um “espaço de cercado ou gaiola, adaptado com estruturas de alojamento e abrigo, comedouro e bebedouro, e de vegetação própria”, lê-se no POG.

O equipamento a erguer inclui 27 espécies (de animais) autóctones, num espaço construído para “funcionar como quinta pedagógica”, em respeito pelas “regras de bem-estar animal”.

A infraestrutura vai incluir posto veterinário, bloco de apoio e um espaço isolado (quarentena), de acesso restrito, onde os animais oriundos de outros locais serão acolhidos para facilitar a sua adaptação.

 

Animais

O Parque Biológico vai contar com espaços de cercados e gaiolas para os respetivos habitats. As principais espécies zoológicas a introduzir no parque são as seguintes:

. Animais selvagens: javali, raposa, cabra-montês, veado e corço (em cercados).

. Animais de quinta (cercados maiores): vacas de raças cachena, barrosã e minhota (em grandes cercados); cavalo garrano (picadeiro); burro mirandês.

. Animais de quinta (animais domésticos): ovelha bordaleira, ovelha churra e cabra bravia; coelho.

. Mamíferos de pequeno porte: gineta, fuinha e doninha (em estruturas metálicas de gaiola).

. Aves de rapina em gaiolões

. Aves aquáticas: pato-real.

. Galináceos: galinha preta, galinha amarela e pedrês (em capoeiros/gaiolas).

. Suínos: porco bísaro (em espaços e cercados maiores).

 

Condições de observação

Os espaços destinados aos animais vão dispor de um observatório em ponto estratégico (junto aos percursos). Assim, cada visitante terá a possibilidade de visualizar e admirar as várias espécies animais, “sem necessidade de grandes deslocações”.

O percurso realiza-se em três fases, em “traçado solto” para permitir "apreciar a envolvente dos cercados e os gaiolões dos animais".

 

Capacidade de visitação

O Parque Biológico prevê um “número máximo de 1500 visitantes por dia”, estimativa que combina a “área territorial” com as “infraestruturas disponíveis na envolvente”, considerando-se aqui a “oferta de estacionamento”.

INFcodigo36.jpg

IMG_8691.JPG

IMG_5900.JPG

IMG_5961.JPG

IMG_6347.JPG

IMG_6401.JPG

IMG_5906.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 18:27



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2016

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930