Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.

imgpsh_fullsize (55).jpg

Apesar do mau tempo, os soajeiros não pediram licença para festejarem, esta terça-feira, 9 de fevereiro, o Carnaval fora de casa. A Casa do Povo recebeu dezenas de foliões que deram largas à imaginação.

Mascarados de palhaços, piratas, monstros, princesas, suínos, “velhinhos”, entre outras “brincadeiras” que ninguém levou a mal por ser Carnaval, os 37 foliões, alguns dos quais fantasiados de “entruidos”, revelaram criatividade de sobra para um bem-conseguido serão.

Venceu o concurso de adultos a concorrente número 13, Rose Galopim, seguida de Manuel Carvalho (concorrente 36), em cadeira de rodas. De entre os petizes, Luna Araújo (participante número 11) foi a grande vencedora, tendo Vitória Oliveira, com o número 28, arrecadado o segundo prémio. Levaram para casa bolachas e outras guloseimas.

Compuseram o júri Lourenço Couto (presidente), Olga Gomes, Mónica Araújo e Marta Araújo.

imgpsh_fullsize (13).jpg

Sob organização da Casa do Povo, que ofertou um lanche a todos os presentes, muitos soajeiros, de várias idades, aproveitaram, pois, da melhor maneira o momento de folia para brincarem ao Carnaval com ritmos alegres…

imgpsh_fullsize (70).jpg

imgpsh_fullsize (69).jpg

imgpsh_fullsize (67).jpg

imgpsh_fullsize (66).jpg

imgpsh_fullsize (65).jpg

imgpsh_fullsize (64).jpg

imgpsh_fullsize (63).jpg

imgpsh_fullsize (68).jpg

imgpsh_fullsize (61).jpg

imgpsh_fullsize (60).jpg

imgpsh_fullsize (59).jpg

imgpsh_fullsize (58).jpg

imgpsh_fullsize (57).jpg

imgpsh_fullsize (56).jpg

 

imgpsh_fullsize (45).jpg

imgpsh_fullsize (54).jpg

imgpsh_fullsize (52).jpg

imgpsh_fullsize (62).jpg

imgpsh_fullsize (50).jpg

imgpsh_fullsize (47).jpg

imgpsh_fullsize (46).jpg

imgpsh_fullsize (53).jpg

imgpsh_fullsize (44).jpg

imgpsh_fullsize (43).jpg

imgpsh_fullsize (42).jpg

imgpsh_fullsize (41).jpg

imgpsh_fullsize (40).jpg

imgpsh_fullsize (51).jpg

imgpsh_fullsize (38).jpg

 

imgpsh_fullsize (39).jpg

imgpsh_fullsize (37).jpg

imgpsh_fullsize (35).jpg

imgpsh_fullsize (33).jpg

imgpsh_fullsize (32).jpg

imgpsh_fullsize (30).jpg

imgpsh_fullsize (36).jpg

imgpsh_fullsize (28).jpg

imgpsh_fullsize (27).jpg

imgpsh_fullsize (26).jpg

imgpsh_fullsize (25).jpg

imgpsh_fullsize (23).jpg

imgpsh_fullsize (22).jpg

 

imgpsh_fullsize (11).jpg

imgpsh_fullsize (21).jpg

imgpsh_fullsize (20).jpg

imgpsh_fullsize (17).jpg

imgpsh_fullsize (18).jpg

imgpsh_fullsize (14).jpg

imgpsh_fullsize (16).jpg

imgpsh_fullsize (19).jpg

imgpsh_fullsize (12).jpg

imgpsh_fullsize (8).jpg

imgpsh_fullsize (10).jpg

imgpsh_fullsize (5).jpg

imgpsh_fullsize (9).jpg

imgpsh_fullsize (3).jpg

 

imgpsh_fullsize (1).jpg

imgpsh_fullsize (70).jpg

imgpsh_fullsize.jpg

 

imgpsh_fullsize (31).jpg

IMG_1414.JPG

A concessão do rio Adrão é, atualmente, detida pela Câmara Municipal de Arcos de Valdevez, que, no seguimento do processo entabulado pelo gabinete de Proteção Civil e pela Associação Atlântica, junto do ICNF, vai, ao que tudo indica, delegar competências na Associação de Pesca Desportiva do Vez.

“A Associação de Pesca de Soajo pediu que a Câmara Municipal tomasse conta do rio Adrão”, adiantou o vereador Olegário Gonçalves, acrescentando que a concessão do referido afluente vai ser delegada na Associação de Pesca Desportiva do Vez, que está capacitada e vocacionada para a atividade.

truta.jpg

IMG_1333.JPG

Adrao.jpg

Neste processo, além do rio Adrão, estão também envolvidos um troço do rio Vez (de Vilela à ponte do Toural, nas imediações da Central de Camionagem) e a albufeira de S. Jorge (margem direita do rio Lima), devendo o regime ser alargado aos rios Cabreiro, Ázere e Frio.

A provável transição resulta da pressão que o Município tem vindo a fazer, há cerca de um ano, com o objetivo de o ICNF ceder a concessão dos referidos troços, alguns deles atualmente loteados, visando um melhor aproveitamento destes recursos.

IMG_1409.JPG

A curto prazo, serão colocadas placas de concessão e a Associação de Pesca Desportiva do Vez (sediada nas instalações da Fluvivez, em Giela) assumirá a gestão dos referidos cursos, comprometendo-se a assegurar a limpeza das áreas de pesca e a passar as respetivas licenças, além de operacionalizar todos os procedimentos conducentes à realização de provas.

A pesca aos salmonídeos abre no próximo dia 1 de março.

IMG_1332.JPG

IMG_9554.JPG

A participação da comunidade Soajeira no baile de mascarados não foi grande, mas nem por isso a folia deixou de estar presente este sábado (6 de fevereiro), no Café Jovem. Ao todo, segundo a tradição da Terra, desfilaram 17 “entruidos”.

IMG_9416.JPG

Sem políticos caricaturados nem sátira social, o desfile recuperou os festejos carnavalescos de tempos idos. Ainda antes do esperado concurso, o cortejo atravessou a Avenida 25 de Abril, desde o Restaurante Espigueiro até ao Café Jovem, passando, ainda, pela Casa do Povo.

IMG_9370.JPG

IMG_9380.JPG

Ao som de ritmos típicos da época carnavalesca, com um borralheiro por perto para aquecer o corpo e a alma, o grupo aguardou um pouco na esplanada do Café Jovem até ao início do desfile/concurso de mascarados. Os concorrentes, todos fantasiados (exceto um…), espalharam alegria e “passearam” máscaras, perucas, trajes tradicionais (vestes pretas, da cabeça aos pés, a retratar as noivas do início do século XX), rendas a tapar a cara e tamancos, não tendo lá faltado acessórios como chocalhos, varredouros, cabaças, lanternas e outros “feitiços”.

IMG_9438.JPG

IMG_9446.JPG

IMG_9440.JPG

A animar o baile, em permanência, esteve um extrovertido concorrente, que ganhou o concurso por um ponto tangencial. Por decisão do júri, constituído por António Cerqueira (Catito), Lourenço Morgado Couto, Manuel Gomes Capela e Rosalina Couto Araújo, o prémio (diversificado cabaz de produtos) foi atribuído ao participante número 12, que “arrancou” ruidosas gargalhadas com coreografias e poses ousadas. No “alinhamento” seguinte, para fim de festa, cantou-se e dançou-se ao som da concertina, dedilhada por Francisco Barros.

IMG_9524.JPG

IMG_9537.JPG

Mas, para que tudo tivesse corrido de feição, é justo destacar a dedicação que a organização e os concorrentes emprestaram à realização carnavalesca, que tem tudo para crescer em futuros desfiles.

IMG_9580.JPG

IMG_9573.JPG

A organização desta edição de estreia esteve a cargo de um grupo de amigas.

IMG_9439.JPG

IMG_9520.JPG

IMG_9560.JPG

IMG_9459.JPG

IMG_9464.JPG

IMG_9447.JPG

IMG_9442.JPG

IMG_9549.JPG

IMG_9528.JPG

IMG_9500.JPG

IMG_9433.JPG

IMG_9378.JPG

IMG_9411.JPG

IMG_9407.JPG

IMG_9441.JPG

IMG_9570.JPG

IMG_9502.JPG

IMG_9507.JPG

IMG_9497.JPG

IMG_9509.JPG

IMG_9488.JPG

IMG_9487.JPG

IMG_9481.JPG

IMG_9492.JPG

IMG_9445.JPG

IMG_9451.JPG

IMG_9513.JPG

IMG_9518.JPG

IMG_9543.JPG

IMG_9589.JPG

Danças.versãof.jpg

V20Q8VR2.jpg

A seleção nacional de futsal de padres sagrou-se bicampeã europeia, depois de vencer, no dia 4 de fevereiro, a equipa da Polónia por 2-1, na cidade eslovaca de Michalovce. Como já acontecera em 2015, na Áustria, os polacos voltaram a sair vergados pela força do futsal português.

Do plantel luso fazem parte o pároco de Soajo, Custódio Branco, natural de Cabreiro, e José António Cunha, que, em tempos, paroquiou Soajo e está agora à frente de várias paróquias de Ponte da Barca (Paço Vedro Magalhães, Cuide Vila Verde, entre outras).

A seleção portuguesa iniciou a sua caminhada na fase de grupos, vencendo os respetivos jogos: 2-0 frente à Ucrânia e igual resultado contra a Itália. Depois, os padres portugueses derrotaram, nos quartos de final, os homólogos da Bielorrússia, por 5-0, e, na meia-final, a Bósnia-Herzegovina, por 2-0.

Além de Custódio Branco e José António Cunha, a que se junta Jorge Agostinho, todos da Diocese de Viana do Castelo, compuseram a equipa nacional de futsal os seguintes sacerdotes: José Ricardo, Amadeu Castro, Marco Amaro, Carlos Rubens, Ivo Coelho, Marco Gil, Paulo Sá, Nuno Vilas Boas e José Miguel.

O padre Manuel Fernando, da Diocese do Porto, é o treinador.

O Campeoanto da Europa de Futsal de padres decorreu na Eslováquia.

Padres.jpg

 Fotos: Rádio Alto Minho e Agência Ecclesia

Realiza-se, no próximo dia 6 de março, a Assembleia Geral da Casa do Povo de Soajo. O principal ponto da ordem de trabalhos, a submeter à consideração dos associados, diz respeito às contas da atual gerência, numa altura em que os órgãos sociais da referida coletividade se encontram na reta final do presente mandato.

IMG_9339.JPG

A Casa do Povo de Soajo, que efetuou, com apoio do Município, um avultado investimento na sala do renovado palco, desenvolveu, em anos recentes, um vasto conjunto de atividades. A população dos vários lugares tem comparecido em bom número às diversas realizações, com destaque para as tradicionais festas de S. João, Encontro do Emigrante, Magusto e Natal. Além disso, com a ajuda de um grupo de mulheres de Soajo, a referida coletividade tem procurado recriar usos e costumes da Terra (fiadeiro, debulhada…).

Independentemente da avaliação que cada um possa fazer ao trabalho da equipa liderada por Manuel Carvalho, é justo dizer que a associação soajeira tentou, pelo menos, “agarrar” as tradições com o intuito de as preservar.

Olhando para o futuro, Manuel Carvalho e a maioria dos elementos que compõem a Direção da Casa do Povo (e restantes órgãos) deverão recandidatar-se a novo mandato. As eleições realizar-se-ão em março próximo (a data ainda não foi tornada pública).

Pág. 2/2