Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.



Sexta-feira, 30.12.16

2016: “abecedário” de Soajo em cinco temas

19834388_qgsZY.jpeg

A viragem de ano é, sempre, hora de balanços.

Soajo em Notícia propõe vários assuntos para “passar em revista” um ano rico em notícias. Em cinco temas, pretende-se fazer um balanço à “boleia” do abecedário de Soajo.

De fora, como é óbvio, ficam inúmeros factos marcantes no ano prestes a terminar (casos, por exemplo, da inauguração da Loja Interativa de Turismo, da projeção das Cantadeiras e dos feitos protagonizados por Soajeiros aquém e além-fronteiras).

Sexto Campeonato do Mundo de Trail Running

Soajo recebeu, no passado dia 29 de outubro, o VI Campeonato do Mundo de Trail Running. O evento, com a elite mundial da modalidade presente, foi manchete e tema de amplo destaque em diversos órgãos de comunicação social à escala mundial. Serviu para projetar a região, mas Soajo podia e devia ter tirado mais proveito desta iniciativa com impacto global.

20011219_zzSjd.jpeg

Ofícios

A 17.ª Feira das Artes e Ofícios Tradicionais de Soajo teve um balanço negativo, facto a que não foi alheio o antecipar do evento em cerca de duas semanas (de 15 a 17 de julho).

Fora o programa de animação noturna, muito pouco público acorreu à feira. O negócio foi fraco, até nas tasquinhas.

19773712_pOuKy.jpeg

Aluimentos

O deslizamento de terras/valados e a queda de árvores, devido aos temporais do passado inverno, deixaram a descoberto alguns perigos no território de Soajo, mas fora os sustos, por sorte, não se registaram vítimas.

As estradas com entulho acumulado foram, é justo frisar, prontamente desobstruídas.

IMG_9604.JPG

Junta de Freguesia

O clima de crispação e a inércia foram, no ano que está prestes findar, as duas grandes notas no seio da Junta de Freguesia de Soajo. As contas de gerência referentes a 2016 foram “chumbadas” pela Assembleia de Freguesia, que também não validou o Plano de Atividades e Orçamento para 2017. Quem acompanha o pulsar de Soajo diz que 2016 foi outro ano de regressão.

19464086_ZfYW2.jpeg

O inferno dos incêndios

Os incêndios que, no passado verão, levaram o pânico a vários núcleos residenciais (Vilar de Suente, Vilarinho das Quartas e Paradela, os primeiros lugares evacuados), onde muitas casas estiveram cercadas pelas chamas, e devastaram importantes manchas florestais e campos de cultivo, com milhares de hectares de mancha verde reduzidos a cinzas, mostraram o pouco que se fez na época baixa para prevenir o avanço dos fogos, por oposição ao muito que se discutiu na época quente para aligeirar responsabilidades e imputar culpas a terceiros.

O certo é que no terreno faltou coordenação e sobraram vaidades pessoais tacanhas, como se pôde testemunhar, de resto, no encontro promovido no Mezio, no dia 15 de agosto. Salvou-se a abnegação dos sapadores florestais e o empenho de alguns bombeiros.

Que se tirem lições, pelo menos, do que falhou para que o território não volte a viver mais o horror das chamas.

19889481_s6pwo.jpeg

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 17:11

Quinta-feira, 29.12.16

Assembleia de Freguesia improdutiva foi dominada por notificação de Tribunal. Ação do presidente contra secretária onera Junta

IMG_7132.JPG

Não deu em nada a Assembleia de Freguesia extraordinária realizada esta quarta-feira, 28 de dezembro, convocada na sequência do “chumbo” ao Plano de Atividades (PA), conforme deliberação de 17 de dezembro.

Com o presidente da Junta ausente, competia estatutariamente à secretária assumir esse papel, mas Cristina Martinho recusou apresentar o PA, pelo que este documento (inalterado) não foi submetido a nova votação. Nas atuais circunstâncias, o Executivo vai ter de gerir a freguesia, no ano prestes a começar, em duodécimos, sendo certo que o PA pode ser aprovado até finais de abril de 2017 pela Assembleia de Freguesia. Falta saber como, pois não parece haver abertura do presidente da Junta para negociar com a oposição.

Fora estes “cálculos políticos” (onde o PSD até pode vir a desempatar caso o terceiro eleito participe e alinhe na votação com Miguel Rodas e Manuel Fernandes), a secretária da Junta avançou diversas alegações para não colmatar a ausência do presidente da Junta nesta sessão de 28 de dezembro.

“Não tomo a responsabilidade [de substituir o presidente da Junta] porque, enquanto membro do Executivo, o Plano de Atividades para 2017 não me foi apresentado […], não participei nele, não assinei e ninguém me pediu nada, portanto, não tenho de o fazer...”, justificou Cristina Martinho.

E, no mesmo tom, prosseguiu: “[…] Lembro que o livro de atas foi-me retirado há mais de um ano, e, neste sentido, não tenho o direito de escrever, de resto, os meus escritos já foram censurados a vermelho”, notou Cristina Martinho.

Mas, se as posições entre o presidente e a secretária estavam extremadas, ainda mais ficaram com a queixa que Manuel Gomes Capela apresentou na Procuradoria da República visando despojar Cristina Martinho do lugar de secretária. Segundo alegou o presidente da Junta nos autos, a secretária “não compareceu de forma injustificada a seis reuniões consecutivas da Junta de Freguesia”.

Mas o Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga concluiu que “as faltas às reuniões realizadas não podem, de forma alguma, ser consideradas injustificadas, já que, relativamente a elas o membro da Junta em causa [Cristina Martinho] não foi devidamente notificado, pois não se encontra assinado qualquer aviso de receção, ou protocolo, sendo certo que relativamente a nenhuma das reuniões foi afixado nos locais próprios o edital, com a respetiva certificação, com a convocatória respetiva, como determina a lei”.

O seja, “não tendo os factos participados relevância jurídico-administrativa”, determinou o Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga “o arquivamento dos autos”, ilibando-se, deste modo, Cristina Martinho, que, assim, viu vingar os argumentos repetidos praticamente desde o início do mandato.

“Esta notificação vem confirmar o que venho a dizer há três anos: não tenho conhecimento das reuniões, estas não são devidamente convocadas e, se o são, chega-se ao dia e não se fazem, e, depois, o presidente da Junta reúne-se sozinho quando e como quer, e assina por mim”.

Segundo Cristina Martinho, “caso estes elementos fossem enviados para o Tribunal Administrativo, se calhar o presidente da Junta é que perdia o mandato, por abuso de poder, porque ele não sabe o que anda a fazer – só esta brincadeira [queixa, improcedente, do presidente da Junta contra a secretária] custa 972 euros à freguesia de Soajo”, constatou.

No meio do estéril debate, a deputada Sandra Barreira criticou as “guerras persistentes e absurdas no seio do MSI”, “um Movimento reduzido a nada”, o que está a “prejudicar Soajo, onde nada foi feito em três anos”, acusou a representante da CDU. Entretanto, Cristina Martinho assumiu o falhanço pela escolha de Manuel Gomes Capela, mas recusou “virar costas” ao MSI e à freguesia.

IMG_7134.JPG

IMG_7128.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 21:45

Terça-feira, 27.12.16

Casas florestais vão ser recuperadas para fins socioeducativos e turísticos

IMG_7272.JPG

Existe recetividade para que as casas florestais sejam doadas, a curto prazo, aos Baldios de Soajo, que procederá à sua reabilitação gradual. O anúncio foi feito na Assembleia de Compartes dos Baldios de Soajo de 19 de dezembro, último.

O Conselho Diretivo dos Baldios de Soajo solicitou à Direção-Geral do Tesouro e Finanças (DGTF), que tem a posse das casas florestais, e ao Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), responsável pela gestão do Parque Nacional, a doação para reconversão deste valioso património. Dada a abertura demonstrada, estes imóveis, com acessos baldios, e sediados em espaços afetos aos compartes, deverão reverter a favor dos Baldios.

Às casas abandonadas será dada uma utilização, depois de devidamente intervencionadas. Em 2017, prevê-se uma dotação de 50 mil euros para arrancar com a recuperação de um dos imóveis.

Com base em informações adiantadas pelo órgão de gestão dos Baldios de Soajo, as casas que estão localizadas entre Outeiros e Ramil serão reconvertidas em espaços de apoio a turistas; a do Arieiro será entregue à brigada dos sapadores florestais e ao Clube de Caça e Pesca de Soajo; o imóvel de Vilar de Suente será transformado na futura sede dos Baldios e num centro de educação ambiental; e a sediada em Paradela funcionará como sede da Associação Cultural e Desportiva local (as instalações afetas a esta coletividade passarão a ser a casa mortuária de Paradela). Fora desta operação está a casa florestal de Adrão, que alberga, atualmente, a Força Especial de Bombeiros (FEB), brigada popularmente conhecida por “Canarinhos”.

A desativação das casas florestais, há mais de um quarto de século, levou este rico património à sua imparável degradação. O cenário que se pode avistar, hoje, nos imóveis “plantados” no “coração” do único Parque Nacional é um autêntico degredo: portas arrombadas, janelas esventradas, vidros estilhaçados, telhas escaqueiradas, tetos estripados, paredes conspurcadas e lixo atolado.

Entretanto, ao contrário de diligências feitas anteriormente pelo Município, a reabilitação (a)parece, agora, viabilizada com a provável doação das casas florestais aos Baldios, numa operação que será decisiva para dinamizar este território de montanha.

No presente, excluindo os visitantes de circunstância e os criadores de animais, um dos poucos sinais de vida nestes montados, abençoados por paisagens de “cortar a respiração”, diz respeito ao gado que vagueia em regime de pastoreio semilivre.

IMG_7250.JPG

IMG_7230.JPG

IMG_7254.JPG

IMG_7287.JPG

IMG_7261.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 18:32

Segunda-feira, 26.12.16

Assembleia de Freguesia rediscute Plano de Atividades. Saiba o que acontece em caso de novo “chumbo”

IMG_6896.JPG

A Assembleia de Freguesia de Soajo reúne-se, esta quarta-feira, 28 de dezembro (18.00), no Centro Social e Paroquial de Soajo.

Esta sessão extraordinária decorre do “chumbo” à proposta, apresentada pelo Executivo, do Plano de Atividades e Orçamento para o ano de 2017, conforme votação realizada no passado dia 17 de dezembro.

Deste modo, ao Executivo da Junta de Freguesia compete – agora – refazer o documento, para que a proposta que vai regular o ano económico de 2017 seja discutida e votada pelo órgão deliberativo no próximo dia 28.

A dois dias desta sessão, com o presidente da Junta, ao que parece, ausente de Portugal, nada aponta para que, em tempo útil, seja feita uma retificação dos documentos, e, também, é pouco crível a consulta das diferentes forças com assento na Assembleia de Freguesia para elaborar um orçamento participado (participativo é outra conversa, deve dizer-se), tal como dita o estatuto do direito de oposição.

De referir que um novo “chumbo” do Plano de Atividades e Orçamento trará consequências à freguesia de Soajo, que, nessa eventualidade, em 2017, apenas poderá trabalhar em duodécimos, tendo por base os valores financeiros de 2016. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 18:33

Sexta-feira, 23.12.16

Natal

IMG_7122.JPG

É antevéspera de Natal. Respira-se Natal.

A vila e os lugares de Soajo estão, por isso, cheios de luzes, decorações e apetrechos natalinos. Mas o Natal é muito mais do que isso. É, acima de tudo, paz, harmonia e amor.

Natal é o nascimento de Jesus.

Natal é a celebração da vida. É a disseminação do amor. É a renovação da esperança.

Natal é o viver em comunhão.

É isso tudo ao mesmo tempo.

Mas esta época traz, também, magia a todos os recantos onde as luzes cintilam. É assim no Largo do Eiró, nas varandas de muitos particulares e nos estabelecimentos comerciais, uns e outros ornamentados com muito bom gosto.

Feliz coincidência. Esta sexta-feira, 23, o blogue Soajo em Notícia completa, justamente, um ano de existência. Um ano em que se tentou levar a todos os Soajeiros um “pedacinho” do torrão natal.

A todos os seguidores da página, o nosso obrigado. Àqueles que só esporadicamente a leem, resta-nos a esperança de os conquistar no ano prestes a começar.

A todos, sem exceção, votos de um feliz Natal e de um 2017 cheio de realizações.

IMG_7093.JPG

IMG_7048.JPG

IMG_7102.JPG

IMG_7036.JPG

IMG_7074.JPG

IMG_7053.JPG

IMG_7044.JPG

IMG_7062.JPG

IMG_7078.JPG

IMG_7084.JPG

IMG_7051.JPG

IMG_7111.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 18:33

Pág. 1/4



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2016

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031