Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.



Quinta-feira, 29.03.18

Soajo concorre à eleição da Rainha das Vindimas de Arcos de Valdevez

grwq

A Junta de Freguesia de Soajo procedeu, esta semana, à pré-inscrição no concurso de eleição da Rainha das Vindimas de Arcos de Valdevez, que, de modo inédito, passa a fazer parte integrante do Festivinhão. Este Festival Enoturístico de Arcos de Valdevez realiza-se de 1 a 3 de junho, sob organização da Câmara Municipal e da Associação dos Vinhos de Arcos de Valdevez.

A candidata, diz o Regulamento geral, deverá residir na freguesia e ser nomeada diretamente pela respetiva Junta. Cada autarquia deverá, ainda, nomear uma candidata suplente que, em caso de impedimento da primeira candidata, representará a respetiva freguesia.

Mas, em nome da transparência e da lisura de processos, seria conveniente fazer alterações à redação do articulado, pois, tal como está o Regulamento, corre-se o risco de a nomeação, pura e simples, levantar suspeitas (de favoritismo, por exemplo), mesmo que infundadas, caso a(s) indicada(s) tenham alguma relação familiar com os eleitos. É que, como diz o ditado, “à mulher de César não basta ser honesta, tem também de parecê-lo”.

Com o intuito de, eventualmente, desfazer tal equívoco, a Junta de Freguesia de Soajo tratou, já, de elaborar um Regulamento específico para a eleição da rainha das vindimas da freguesia de Soajo, cuja realização deverá ocorrer em finais de abril, sendo elegíveis “as jovens do sexo feminino residentes ou naturais de Soajo com idade superior a 15 anos (completados até ao dia 31 de dezembro de 2017), não havendo idade máxima para participar”.

Entretanto, ao concurso concelhio, a realizar no dia 1 de junho, serão apenas admitidas 12 candidatas. Mas, se houver mais de 12 concorrentes, como é que serão eliminadas as excedentes? Há pré-eliminatória? Certo é que as candidatas que desfilarem no Jardim dos Centenários deverão apresentar-se a concurso com três trajes diferentes (regional, roupa prática e vestido de noite).

O júri, constituído por vários elementos, vai eleger a Rainha das Vindimas, a 1.ª Dama de Honor, a 2.ª Dama de Honor e o Prémio Fotogenia. As concorrentes elegem entre elas o Prémio Simpatia. Às vencedoras de cada categoria serão atribuídos prémios, tendo a Rainha das Vindimas direito a um cabaz ofertado pelo comércio tradicional no valor de 300 euros.

A Rainha das Vindimas de Arcos de Valdevez representará o Município na 10.ª edição do concurso Rainha das Vindimas de Portugal que decorrerá, pelo outono, na localidade lisboeta de Alenquer.

O blogue Soajo em Notícia voltará oportunamente ao assunto.

***

Para saber mais contacte o número 258576747 ou o email jf-soajo@freguesiasdeportugal.com

Foto: Rádio Jornal Tejo (vencedoras do concurso de 2017 nas várias categorias)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 18:54

Terça-feira, 27.03.18

Casa do Concelho de Arcos de Valdevez em Lisboa distingue Manuel Barreira da Costa

MBC

Sob proposta da Direção da Casa do Concelho de Arcos de Valdevez em Lisboa, a Assembleia Geral, reunida em sessão ordinária no passado dia 18 de março, aprovou, por unanimidade, a atribuição do prémio Mário Barros Pinto ao autarca soajeiro Manuel Barreira da Costa. O prémio em questão foi instituído em 1997 para distinguir personalidades arcuenses que se tenham destacado, entre outras, nas áreas empresarial, cultural, associativa e desportiva.

Esta distinção, justifica a Casa do Concelho, significa o “reconhecimento de todo o trabalho desenvolvido por Manuel Barreira da Costa como autarca de Arcos de Valdevez e de Soajo em particular. Foi esta a primeira freguesia a receber a Casa do Concelho de Arcos de Valdevez nas visitas ao concelho, iniciadas nos anos noventa do século passado”.

Preside à Casa do Concelho de Arcos de Valdevez em Lisboa o respeitado amigo de Soajo, Joaquim de Brito, que é natural de S. Jorge.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 17:41

Segunda-feira, 26.03.18

Junta de Freguesia e associações soajeiras preparam Feira das Artes e Ofícios Tradicionais

JF.jpg

A Junta de Soajo reuniu-se no passado dia 24 de março com as coletividades da freguesia para preparar a próxima edição da Feira das Artes e Ofícios Tradicionais (FAOT), que, este ano, se realiza de 20 a 22 de julho. O encontro serviu, supletivamente, para difundir pelos representantes das associações o objetivo de se promover um programa de cariz cultural abrangente e repartido ao longo do ano.

A pensar na 18.ª edição da FAOT, a Junta de Freguesia e as coletividades soajeiras, representativas de (quase) todos os lugares, surgem empenhadas em desenvolver esforços conjuntos para uma organização rica e diversificada. Fora a vertente do negócio (que se quer cada vez mais sustentável), à volta dos produtos endógenos, o certame incluirá, tudo indica, um programa de atividades culturais com base nas tradições etnográficas da Terra.

Segundo o entendimento de muitos observadores, é preciso ir para lá da oferta dos petiscos e dos produtos de artesanato, reintroduzindo demonstrações ao vivo para “redescobrir” as artes e os ofícios tradicionais.

Por outro lado, com o intuito de atrair grandes massas, o popular programa “Somos Portugal” (da TVI) será emitido diretamente de Soajo (Campo da Feira) no dia 22 de julho (um domingo). Segundo apurou o blogue Soajo em Notícia, a agenda do referido canal pode ter inviabilizado a realização da FAOT numa data mais conveniente para a imensa comunidade de emigrantes que, na sua maioria, só começa a chegar no início de agosto.

Independentemente das circunstâncias, aventure-se por Soajo e descubra os tesouros e os refúgios antes, durante e depois da FAOT…

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 18:21

Sexta-feira, 23.03.18

Soajeiro Logan da Costa ganha bronze em ronda do grande circuito do Karaté 1 (Premier League)

LC

Logan Da Costa está a mostrar a fibra de que é feito no grande circuito do Karaté 1 (Premier League). Depois do quinto lugar no Dubai no passado mês de fevereiro, o carateca, com raízes em Soajo (Paradela), alcançou, há dias, o bronze em Roterdão (Holanda), na categoria de -75 kg. Os irmãos de Logan, Jessie e Steven da Costa, tiveram, desta vez, uma participação discreta.

Pela primeira vez esta temporada, o luso-francês Logan da Costa subiu ao pódio na primeira divisão do Karaté 1. “Este resultado mostra que ainda estou aqui”, afirmou Logan da Costa ao jornal Le Républicain Lorrain.

“Em relação ao Dubai, consegui a desforra com este terceiro lugar. A nível competitivo, globalmente, senti-me melhor, embora tenham acontecido algumas coisas que não consigo dominar”, acrescenta o carateca de 26 anos, fazendo alusão à derrota diante do iraniano Asgari (4-2) nos quartos-de-final, em que, na opinião dele, a arbitragem não esteve à altura. “Por vezes, temos de aceitar isso”, diz, desolado.

Mas Logan Da Costa não baixa os braços e pensa positivo depois deste “brilharete”, que fez esquecer a desilusão de Paris. O segredo para repetir novas façanhas reside na “força mental”, explica o campeão mundial (em 2012) e campeão europeu (em 2016) com a equipa de França.

A próxima competição decorre de 6 a 8 de abril em Rabat (Marrocos).

Entretanto, os irmãos Logan, Jessie e Steven estão com os olhos postos nos Jogos Olímpicos de Tóquio (em 2020), onde alimentam legítimas expetativas de lutarem pelo pódio. Na hierarquia mundial da modalidade, os três soajeiros encontram-se nos lugares de topo.

Até lá, o blogue Soajo em Notícia continuará a acompanhar o percurso destes três grandes campeões.

Foto: Le Républicain Lorrain

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 17:28

Quinta-feira, 22.03.18

Galhos encostados e apoiados em cabos aéreos ameaçam segurança

IMG_5941

Não é novidade, mas a questão saltou para a "ribalta" desde os grandes incêndios de 2017 que vitimaram mais de cem pessoas na zona centro. Em muitas zonas do território nacional, e Soajo não é exceção, os galhos arbóreos crescem entre cabos e fiação elétrica. O risco de curto-circuito exigiria há muito uma grande intervenção das entidades responsáveis pela rede.

À entrada de Soajo para quem vem do lado de Ermelo, na zona de Novás, por exemplo, há cabos que atravessam e se apoiam nos galhos. Neste e noutros pontos da freguesia, as árvores cresceram tanto que a folhagem e as agulhas (folhas do pinheiro) quase escondem a fiação. Não é preciso ser técnico para ter a perceção de que, se ali pega fogo, vai ser um “ai Jesus”.

O Regulamento de segurança de linhas não está a ser cumprido e em causa está a distância mínima de proteção dos condutores (cabos da rede) às árvores, algumas destas em risco de queda devido à sua localização (ladeiras), à erosão dos solos e ao seu precário estado de sanidade.

Para além disso, e em conformidade com a lei de limpeza e gestão de materiais combustíveis, urge proceder, quanto antes, ao corte e/ou poda das árvores que arriscam a segurança de pessoas e bens.

IMG_5957

IMG_5951

IMG_5942

IMG_5947

IMG_5940

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 17:39

Pág. 1/4



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2018

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031