Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.

O Município de Arcos de Valdevez autorizou, no passado dia 17 de janeiro, a abertura de um procedimento concursal para realização de uma pesquisa arqueológica no Alto da Pedrada (serra de Soajo).

A operação, no valor de 11 500 euros, resulta da relevância do sítio do ponto de vista arqueológico, cujo acampamento referente ao “período Romano” se encontra “muito bem preservado”.

“Esta intervenção [a decorrer no próximo verão] contribuirá para a posterior valorização desta importante estação arqueológica, e, ao mesmo tempo, para a dinamização cultural e turística”, diz a Câmara em comunicado.

Entretanto, está confirmada oficialmente a informação que este blogue adiantou a 3 de maio de 2019: a empresa australiana Fortescue Metals Group Exploration desistiu do pedido de prospeção de depósitos minerais (como o lítio) na serra de Soajo, mais especificamente na área do Fojo, que abrange os concelhos de Arcos de Valdevez, Melgaço e Monção.

A decisão foi comunicada por escrito à Direção-Geral de Energia e Geologia.