Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.

O período de candidatura ao VITIS foi ampliado, indo decorrer este ano de 15 de setembro a 15 de novembro. Através deste programa, os produtores podem renovar as áreas vinícolas, adaptando-as e modernizando-as com vista a uma maior competitividade.

Segundo a página oficial, o VITIS “abrange a concessão de uma comparticipação financeira para os investimentos realizados, através do pagamento de uma ajuda financeira e não reembolsável ou uma compensação pela perda de receita inerente à reestruturação e reconversão, quando a candidatura inclua parcelas de vinha no terreno”.

Ora, as ajudas de 10 mil euros atribuídas por hectare são um importante incentivo para manter a atual dinâmica de investimento no setor. De sublinhar a adesão de jovens produtores a esta medida, alguns dos quais da área do Parque Nacional, incluindo Soajo.

Entretanto, segundo o enólogo João Pereira, da Adega Cooperativa de Ponte da Barca e Arcos de Valdevez, as alterações do clima, por alturas de maio e de junho, tiveram como consequência uma “ligeira quebra” de rendimento nas castas tintas, nos referidos concelhos. No caso das uvas brancas, a previsão aponta para um “volume igual de produção” face à campanha do ano transato.

Mas, independentemente das estimativas que se traçarem agora, o tempo que fizer nas próximas semanas, nas fases de maturação e de amadurecimento, será determinante para o resultado da vindima.