Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.

IMG_7409.JPG

Está previsto um “pacote” de 800 mil euros para os lesados do incêndio que fustigou, de 7 a 11 de agosto, as localidades de Soajo, Cabana Maior, Vale, S. Jorge e Ermelo. Este valor indicativo abrange várias áreas, sendo a do pastoreio a mais “favorecida”.

À margem das ajudas, por enquanto, está o lugar de Paradela, mas, com o objetivo de cobrir os danos decorrentes do incêndio que, no dia 6 de setembro, lavrou neste lugar, também já “foram feitas candidaturas” para ressarcir os produtores dos prejuízos, segundo adiantou o edil João Manuel Esteves na reunião de Câmara de 26 de setembro. A última palavra pertence aos ministérios da Administração Interna e da Agricultura, que ditarão o valor indicativo do apoio e os moldes de candidatura.

Noutro âmbito, no seguimento de uma reunião recente que juntou à mesma mesa o ICNF e os municípios lesados pelo flagelo dos incêndios, foi solicitada a colaboração das Comissões de Baldios para intervenções concretas no sentido de acelerar a recuperação das áreas ardidas.

Lembre-se que a Comissão de Compartes dos Baldios de Soajo se reuniu, no passado dia 19 de agosto, para empreender um conjunto de ações com o intuito de defender o interesse individual e coletivo dos compartes, por um lado, e aprovar propostas com o intuito de prevenir incêndios, consolidar o solo e regenerar as pastagens, por outro.

De referir que o ICNF (Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas) e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte estão a desenvolver um projeto-piloto visando a recuperação das áreas queimadas. “Os projetos de restauro do Ramiscal e da mata do Mezio encontram-se em fase muito avançada”, adiantou o presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez.

Estes planos de recuperação, associados à criação de novas equipas de sapadores, podem resultar num aviso específico do Plano Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR) para efetivação de candidatura, na esteira das promessas feitas pelo ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes.

IMG_0929.JPG

IMG_9792.JPGFoto que encima a peça foi cedida por Joaquim de Jesus Neto

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.