Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.

IMG_6305.JPG

A Guarda Nacional Republicana (GNR) promoveu, esta sexta-feira, 26 de janeiro, uma ação de consciencialização na vila de Soajo, tendo como fim alertar, sobretudo, a população sénior para a prevenção de burlas relativas à cobrança ilegal de serviços prestados alegadamente pela EDP. A iniciativa, que emparceira esta empresa, deverá findar nos primeiros dias de fevereiro.

A campanha nacional em curso resulta do facto de, segundo dados oficiais, haver em Portugal dezenas de pessoas burladas por ano nas respetivas residências por falsos colaboradores de rede de distribuição da EDP, sendo por isso imperioso reforçar os mecanismos de informação e sensibilização das populações mais vulneráveis.

Para além de alertar o público-alvo para a necessidade de maior cautela nas abordagens feitas por estranhos em casa, a GNR insistiu na mensagem de que “não há cobranças da EDP feitas porta a porta (nem de luz nem de gás), apenas leitura de contadores”, conforme disse ao blogue Soajo em Notícia o tenente Diogo Oliveira, da GNR de Viana do Castelo (Destacamento Territorial de Arcos de Valdevez).

Na ação ocorrida em Soajo, os militares sublinharam, também, que a “missão da GNR é desenvolver um grande trabalho de proximidade, fazendo com que a população se sinta segura e, ao mesmo tempo, vigilante”, para que ninguém se deixe enganar por (falsos) colaboradores da EDP.

A “aula” que foi lecionada pelos militares da GNR na Escola Básica da Eira do Penedo, tendo como destinatários o público sénior e os alunos do primeiro ciclo e da pré-primária, aliou um conjunto informal de recomendações (de cariz prático) a uma alegre interação da assistência, que devolveu umas “modinhas” soajeiras, cantadas a plenos pulmões (e com muito sentimento) por algumas mulheres.

Esta ação para os idosos não caírem no “conto do vigário” teve a participação do Destacamento Territorial de Arcos de Valdevez, que, através de vários militares da Secção de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário, procedeu à entrega de calendários, cuja visibilidade no interior das habitações facilita, em situações de emergência, o acesso aos contactos (do Destacamento e da referida Secção) mencionados no rodapé do próprio calendário.

IMG_6309.JPG

IMG_6278.JPG

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.