Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.

A obra de requalificação urbana e paisagística do Largo do Eiró arrancou esta terça-feira, 19 de novembro, 11 dias depois de o Município de Arcos de Valdevez ter aprovado o auto de consignação do referido projeto à empresa Baltor Steel. A intervenção, orçada no valor de 59 895,27 euros (cinquenta e nove mil euros, oitocentos e noventa e cinco euros, e vinte e sete cêntimos, sem IVA), tem um prazo de execução de sessenta dias.

Mas a operação devia ter começado logo no início do passado mês de setembro, conforme chegou a ser anunciado pela autarquia soajeira. Questionado, em sede de Assembleia de Freguesia, no passado dia 21 de setembro, sobre o não arranque da obra no prazo estipulado, o presidente da Junta justificou-se com contratempos ocorridos em semanas anteriores. “A empresa que venceu o concurso largou de seguida o projeto. Entretanto, a obra foi adjudicada à segunda empresa com melhor orçamento e contamos que o trabalho seja feito antes do Natal”, explicou Manuel Barreira da Costa.

Mas, afinal, a Câmara Municipal de Arcos de Valdevez consignou mesmo a obra à empresa Baltor e, de acordo com o Portal BASE, o contrato público entre a Câmara e a empresa adjudicatária foi celebrado a 10 de julho de 2019, tendo o mesmo sido publicado na referida plataforma a 29 de agosto de 2019.