Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.

Reunidos, no passado dia 12 de dezembro, em Assembleia Geral, os sócios da Casa do Povo da Vila de Soajo decidiram aprovar, por unanimidade, a proposta de transferir a jurisdição do polidesportivo da Associação Desportiva e Cultural de Soajo para a Casa do Povo, na condição de o recinto conservar o atual objeto. A medida foi consensualizada com a referida Associação juvenil, representada nesta sessão por Manuel Casanova e Ivo Baptista.

Com a cedência do ringue à Casa do Povo, foi dado o primeiro passo para a reabilitação do espaço, estando prevista a elaboração de um projeto por parte da Câmara. “Com a intervenção que está a ser equacionada, pretende-se elevar o nível do futuro espaço e ampliar, tanto quanto possível, as medidas do recinto”, disseram Lourenço Couto e Miguel Rodas.

Por seu lado, Manuel Casanova sublinhou que a Associação a que preside “não coloca nenhum entrave à passagem do recinto para a esfera da Casa do Povo desde que prevaleça a ideia de manter o único espaço de desporto que existe na terra para que a juventude dele possa usufruir”.

Noutro âmbito, os associados da Casa do Povo ratificaram, por unanimidade, o Plano de Atividades para 2021. Face às restrições impostas pela pandemia, a coletividade soajeira apenas prevê a organização dos convívios de S. João (estimada uma despesa de 700 euros) e de S. Martinho (350 euros de custo).

“O Plano, anteriormente aprovado em reunião de Direção, tem em conta a situação de grande imprevisibilidade que se vive, sendo certo que, em caso de evolução positiva da pandemia, se desenvolverão outras atividades”, justificaram o tesoureiro, Miguel Rodas, e o presidente da Mesa da Assembleia, António Fernandes Barbosa.

No remate dos trabalhos, o presidente da Casa do Povo comunicou que “Joana Costa fez um pedido para arrendar o salão da associação uma vez por semana (durante 1h30) para a prática de ginástica”.

Segundo Manuel Carvalho, “a atividade será custeada pelos aderentes”, reclamando, por isso, a Casa do Povo “o direito de acordar com a requerente um valor de renda justo e consoante o número de inscrições que vier a registar a iniciativa”.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.