Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Soajo em Notícia

Este blogue pretende ser uma “janela” da Terra para o mundo. Surgiu com a motivação de dar notícias atualizadas de Soajo. Dinamizado por Rosalina Araújo e Armando Brito. Leia-o e divulgue-o.



Quarta-feira, 06.06.18

Vilar de Suente testou programa “Aldeia Segura, Pessoas Seguras”

IMG_2397

O lugar de Vilar de Suente (Soajo) foi o primeiro do concelho de Arcos de Valdevez a lançar o programa “Aldeia Segura, Pessoas Seguras”. Apesar das condições climatéricas desfavoráveis (tempo chuvoso) para testar o exercício de proteção contra incêndios, o simulacro de retirada de pessoas, depois de cancelado no dia 30 de maio, ocorreu mesmo no passado dia 5 de junho, com os residentes a serem avisados por sinal de sino (toque a rebate) e megafone.

O dispositivo operacional no terreno não enfrentou calor nem ventos fortes/inconstantes, muito menos chamas, como seria suposto, mas a iniciativa, mesmo com chuva, seguiu o plano delineado para “pôr à prova”, em ambiente simulado, a capacidade de resposta dos vários agentes envolvidos nesta operação e logo numa localidade que tem bem presente na memória a história recente de incêndios com evacuação de casas (em 2010 e 2016).

Apesar dos condicionalismos, o oficial de segurança local, uma das originalidades da metodologia, deu cumprimento ao papel que lhe foi destinado na reunião do passado dia 26 de maio. E, mesmo sem cenário de catástrofe, Carlos dos Santos (que ainda vai frequentar uma ação de formação) procedeu ao alerta (por sino) e “guiou” algumas pessoas para o largo e o café da associação, local de refúgio onde a população se deve abrigar no caso de as chamas ameaçarem o lugar algum dia.

O povo ficou com a perceção de que o desafio à autoproteção foi o grande objetivo do simulacro. Dos 51 ou 52 residentes que constituem o aglomerado de Vilar de Suente, um total de 32 concentrou-se no café da associação local, a maioria de idade avançada. Como já o tinham feito anteriormente, os moradores queixaram-se, outra vez, da elevada perigosidade do sítio, do escasso número de bocas-de-incêndio e da única saída que existe no lugar para escapar ao “inferno” das chamas. Mas, segundo foi anunciado pelo edil João Manuel Esteves, ao abrigo da Medida de Estabilização de Emergência, por ação dos Baldios de Soajo, “vai haver uma ligação para baixo”.

No âmbito deste exercício, procedeu-se, complementarmente, à colocação de sinalética (direcional e ponto de refúgio) e à disponibilização de kit de primeiros socorros. Em contexto real, que ninguém espera (re)viver, também serão fornecidos líquidos e alimentos à população para garantir condições à permanência no local o tempo que for preciso em caso de urgência.

Esta iniciativa resultou da articulação entre a ANPC, o Comando Distrital de Operações de Socorro de Viana do Castelo, o Serviço Municipal de Proteção Civil, a GNR, os Bombeiros Voluntários e a Junta de Freguesia de Soajo.

 ***

Frases

. “Este simulacro é feito para as pessoas […] para que num momento de infortúnio o plano esteja mais ou menos organizado. Um aglomerado unido torna-se mais forte para superar a desgraça”. (Paulo Barreiro, 2.º comandante operacional distrital, do Comando Distrital de Operações de Socorro de Viana do Castelo)

. “O exercício correu bem. As pessoas aderiram ao simulacro e conseguiu-se testar o que se pretendia”. (Alexandra Nogueira, do Serviço Municipal de Proteção Civil)

. “Espero que a gente não tenha de fazer isto de verdade, mas era bom que todos tivéssemos bem presente o que aconteceu aqui [Vilar de Suente] com este exercício”. (João Manuel Esteves, presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez)

. Os lugares de Vilar de Suente e Adrão são de risco máximo em matéria de incêndio, porque só têm uma entrada e uma saída… Gostaríamos de ter mais uma saída”. (Manuel Barreira da Costa, presidente da Junta de Freguesia de Soajo)

 ***

Perguntas & Respostas

P.: Quem pode ser oficial de segurança local?

R.: Alguém que resida no lugar e tenha o perfil indicado, nomeadamente capacidade de liderança e de gerar respeito ao redor, assim como alguns conhecimentos em matéria de segurança. O programa prevê a implementação de ações de formação.

P.: Quais os pilares do programa “Aldeia Segura, Pessoas Seguras”?

R.: Proteção dos aglomerados (segurança de pessoas e bens); prevenção de comportamentos de risco; sensibilização e aviso à população; evacuação de casas/residências; encaminhamento para os locais de abrigo e refúgio.

P.: O que é que os simulacros permitem testar?

R.: Sistema de alerta, rotas de evacuação, retirada de pessoas de casas, perceção da sinalética e contagem de pessoas.

 

IMG_2382

IMG_2383

IMG_2395

IMG_2447

IMG_2394

IMG_2430

IMG_2401

IMG_2421

IMG_2568

IMG_2561

IMG_2558

IMG_2459

IMG_2432

IMG_2493

IMG_2505

IMG_2512

IMG_2513

IMG_2542

IMG_2511

IMG_2522

IMG_2494

IMG_2503

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Soajo em Notícia às 18:40



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2018

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930